Relações no trabalho


Relações no trabalho

O que acontece no ambiente de trabalho nos afeta direta e indiretamente, uma vez que passamos a maior parte do nosso dia nele. A convivência e a troca de energia com as pessoas que trabalham conosco são fundamentais para a manutenção de nosso equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual.

Quem já não se sentiu mal após ter contato com aquele colega que chegou no trabalho "carregando uma nuvem negra" em torno de si? Quem não chegou em casa abatida porque teve sua competência questionada? Quem não foi atingida por uma fofoca e se sentiu injustiçada? Quem não se sentiu invadida no seu espaço por um colega que insiste em não respeitar sua privacidade? Quem não volta para casa estressada após lidar com pessoas de difícil trato, com quem é obrigada a conviver? Quem não sentiu uma queda na auto-estima quando não conseguiu atingir a meta estipulada? Quem não sentiu inveja de um colega quando ele conseguiu atingir esta mesma meta na qual você falhou? Quem já não se sentiu invejada, seja pela competência, pelo sucesso ou mesmo pela beleza? Quem não sentiu irritação ou intolerância com a maneira de ser de um colega? Quem não se sentiu extremamente magoada com uma atitude de um colega ou do chefe?

E por falar em chefes...

Os chefes formam um capítulo à parte neste quadro. Todos têm alguma coisa a reclamar da figura do chefe, pois ele é humano e apresenta qualidades e defeitos como todos nós. O que piora a situação é que, por estar em posição de comando, suas falhas ficam mais em evidência e geram maior pressão sobre os subordinados.

Todas essas situações vividas no ambiente de trabalho liberam emoções difíceis de serem digeridas e harmonizadas, e que acabam afetando o dia-a-dia dentro e fora do trabalho.

 

Publicidade

É preciso atenuar a raiva e a inveja, elevar a auto-estima e controlar a ansiedade, mas acima de tudo é necessário buscar uma nova forma de entender a vida e as pessoas, pois a vida nem sempre é exatamente como gostaríamos que fosse, e as pessoas, por melhores que sejam, aliam qualidades e defeitos.

O SEGREDO DE SER FELIZ É DESCOBRIR UM NOVO ÂNGULO DE ENCARAR A VIDA!!!

Dicas:

- Se você for muito suscetível à energia negativa emanada por outras pessoas, coloque uma turmalina negra sobre sua mesa de trabalho. Ela pode funcionar discretamente como um peso de papel enquanto absorve estas energias. Se você não tiver uma mesa de trabalho, coloque uma pequena turmalina negra no bolso de sua calça comprida ou saia.

- Questione-se sobre o que está acontecendo no seu trabalho: quanto é culpa dos outros e quanto é culpa sua? Faça uma auto-análise e perceba o quanto depende de suas próprias atitudes. Será que sua intolerância não precisa ser atenuada? Será que sua insegurança ou baixa auto-estima a fazem interpretar erroneamente as atitudes de algumas pessoas? Será que é você quem precisa aprender a dizer não?

- Lembre-se que outras pessoas podem estar sentindo o mesmo que você. Procure dirigir a elas palavras agradáveis, ou então faça algo que as surpreenda: deixar um bilhete atencioso, dar um vasinho de plantas para que o coloquem sobre a mesa de trabalho, ou então pergunte com verdadeiro interesse como elas estão. É incrível como pequenos gestos podem fazer uma grande diferença.

- Os florais são excelentes para harmonizar corpo, mente, alma e espírito, ajudando-a a lidar melhor com as emoções e trazendo um novo entendimento de vida.

Florais de Minas:

- Para raiva e inveja: CAMELLI

- Para ansiedade: IMPATIENS

- Para elevar a auto-estima: LAVÂNDULA

- Para diminuir as mágoas: ZINNIA

- Para a sensação de injustiça: VERVANO

- Para protegê-la da "nuvem negra": MILLEFOLIUM

- Para combater a intolerância: MIRABILIS

Florais de Saint Germain:

- Para protegê-la da inveja dos outros: CHAPÉU DE SOL

- Para aprender a dizer não: CURCULIGUM

Componha o seu buquê floral e mande aviá-lo numa farmácia de manipulação de sua confiança. Pingue 4 gotas debaixo da língua, 4 vezes ao dia durante 2 meses. Se necessário, repita. Os florais embora não apresentem contra-indicações, devem ser indicados por um profissional habilitado.